quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Como isso afeta seu trabalho?

Mudanças no EdgeRank: tempo e timing estão em alta
O Facebook anunciou recentemente algumas mudanças no EdgeRank, algoritmo que controla a exibição de conteúdo no Feed de Notícias. Tudo está relacionado ao tempo e também, ao timing.

1º Mudança: Valorização de temas TrendingTopics

O Facebook começará a mostrar publicações que estão nos TrendingTopics com mais destaque na medida em que os assuntos se tornarem populares. Assim que um tema se tornar popular e seus amigos ou páginas que você curte começarem a falar sobre esse tema, as publicações sobre isso aparecerão no topo do seu feed. Por exemplo, se algo importante acontece no debate presidencial e muitas pessoas começam a falar sobre isso, este tema se torna um Trend Topic e publicações sobre isso aparecerão para você com mais frequência.
Segundo o Facebook, esta mudança provocou um aumento de 6% no engajamento com estas potagens (mais curtidas, mais comentários e mais compartilhamentos). Isso significa que será cada vez mais importante saber o que está acontecendo no “mundo” para encontrar publicações com engajamento e alto nível de interesse para seus fãs. É claro que não vale ficar postando conteúdo que não tenha a ver com seu público só para aparecer no Feed de Notícias


2º Mudança: Tempo de engajamento

O segundo fator que vai pesar no EdgeRank será QUANDO o engajamento ocorre em uma publicação. Um dos elementos do EdgeRank é o número de interações que uma publicação recebe. Isso determina o quanto esse posts irá “viralizar” no Facebook, ou seja, quanto mais engajamento mais alcance. Teremos um ajuste neste ponto que privilegiará publicações que tiverem engajamento assim que forem postadas. O EdgeRank entenderá que este conteúdo é relevante naquele momento e que pode não ser tão “quente” uma ou duas horas depois, por exemplo. Isso também significa que o tempo de vida de um post tenderá a ser menor. O que é ruim, pois terá menos chance de impactar as pessoas que entrarem no Facebook depois.
Agora, mais do que nunca, pelo o que parece saber o MELHOR HORÁRIO PARA POSTAR NA SUA FAN PAGE valerá ouro.
Em agosto de 2013 o Facebook inseriu o chamado StoryBump no EdgeRank. Isso significa que pessoas com um EdgeRank alto com uma página por exemplo, ainda receberiam uma publicação dela mesmo horas depois. O Facebook entende que mesmo que essa pessoa não esteja online no momento que a página publicou, devido seu histórico de alto engajamento, ela certamente gostaria de ver aquela publicação. Por isso, o StoryBump “jogava” o post para o início do Feed.
Com essa mudança sobre o timing, parece que o StoryBump ainda existirá, mas não será um fator predominante, valendo mais o timing do que o histórico de engajamento. Mas, o StoryBump ainda existirá e você poderá ainda ver posts mais “antigo” no seu feed.

COMO ISSO AFETA SEU TRABALHO?

Mesmo essas mudanças EdgeRank afetando mais as publicações de pessoas, as publicações das páginas também serão afetadas.
Com a inserção dos trendingtopics, talvez muitas páginas queiram “surfar” na onda os posts mais comentados e usarem hashtags, por exemplo, para aparecer no topo. Não acho que isso seja uma boa estratégia, especialmente se o conteúdo do post não tiver nada a ver com o tema do trenstopic. #ficadica. Mas, o contrário pode ser interessante: Trendingtopics que tenham a ver com seu negócio podem impulsionar suas publicações e ter mais alcance. Parece que as hashtags no Facebook ganharam mais importância. Veremos.
Em resumo: ficar atento ao melhor horário para postar na sua fanpage e ficar atento aos temas mais comentados do momento são ingredientes que terão que ser adicionados às suas estratégias de produção de conteúdo. Isso já era extremamente relevante, mas agora será muito mais.
Segundo o Facebook: “Nós iremos liberar estas mudanças gradualmente e não esperamos que os posts tenham uma mudança significativa na forma como são distribuídos por enquanto. se uma página posta sobre um trendingtopic ou se um posts recebe muito engajamento assim que é postado, este conteúdo terá seu alcance ampliado rapidamente, mas na medida em que o tempo passa isso diminuiu. Páginas precisam continuar a produzir conteúdo de qualidade e que gere propagação entre sua audiência”.
Como diz o Marcelo Trevisani, em uma entrevista “Facebook é em tempo real, não tem como ficar fazendo ‘postzinho’”. Contratar alguém para postar 3x por semana não é fazer Facebook Marketing. Para mim, é ficar fazendo ‘postzinho’.

fonte: http://goo.gl/45WFQH

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Como usar o SEO para aumentar a audiência do seu site:

Existem vários meios que podem ajudar a aumentar a audiência do seu site, mas você sabia que isso pode ser feito de maneira orgânica? Não entendeu? Então continue lendo e saiba como usar o SEO a seu favor.
Você já deve ter ouvido falar que conteúdo de qualidade é uma das formas mais eficientes de aumentar a audiência do seu site, mas será que você está fazendo isso da forma mais correta? Será que você está fazendo com que o conteúdo que você produz trabalhe a seu favor?
Muitas pessoas não entendem por que elas não conseguem se posicionar bem nos buscadores ou aumentar a audiência do site, mesmo que produzam conteúdo de qualidade. Muitas vezes, não há nada de errado com o conteúdo em si, o problema é que ele pode não ter sido escrito pensando nos motores de busca, como o Google, que é o mais importante deles e onde você deve concentrar seus esforços.
E é aí que o SEO entra em ação para te dar aquela forcinha.
Você pode pensar que a melhor maneira de aumentar as visitas do seu site e fechar mais negócios é investir em tráfego pago, mas, na verdade, o SEO pode ser a resposta para todos os seus problemas. Vou explicar.
O que é SEO?
SEO é a sigla de SearchEngineOptimization, que, em bom português, podemos chamar de otimização de sites para os buscadores. Trocando em miúdos, nada mais é do que a otimização de um site ou de conteúdos para ser melhor compreendido pelos motores de busca.
Quando o seu site está amigável para os buscadores, ele tende a ser melhor rankeado e aparecer nos primeiros resultados. E o que isso significa? Significa que quando as pessoas procurarem por um assunto relacionado a algo que você escreveu, as chances de ela clicar no seu conteúdo são maiores, afinal, todo mundo tende a clicar nos primeiros resultados, certo?
Bom essa foi uma explanação bem rápida e superficial, apenas para você entender a importância do SEO para o seu negócio digital Agora, quero te ajudar a usar essa ferramenta para aumentar a audiência do seu site. Confira as dicas abaixo!



Se o seu site/blog é novo


Uma das coisas que mais pesa na hora de rankear bem um site é a idade dele. O Google dá preferência à páginas mais antigas e que possuam conteúdo relevante e de qualidade, claro. Então, caso você tenha começado agora, não se desespere: os resultados de um trabalho de SEO podem levar um certo tempo para dar bons frutos.
Ou seja, se sua página não estiver em primeiro lugar nas buscas orgânicas amanhã, pode ser que você não tenha feito nada de errado, o que acontece é que demora um tempo para a sua página rankear.
Mas nem tudo está perdido! Existem formas de acelerar esse processo. Uma delas é o link building, que é simplesmente conseguir links apontando para o seu site. Isso aumenta a relevância e, consequentemente, rankeia melhor. Mas tome cuidado com os sites que você quer que linkem para você, pois eles também precisam ser relevantes e de qualidade. Concentre-se em procurar sites do mesmo nicho que você e que sejam autoridades no assunto, o Google leva isso em consideração!




Escolha as palavras-chave certas



Outra coisa que pode fazer a diferença entre o sucesso e fracasso de uma página é a escolha de palavra-chave. Que termos você está usando para fazer com que as pessoas te encontrem? Será que as pessoas estão realmente buscando por essa palavra-chave?
O Google disponibiliza várias ferramentas gratuitas que possibilitam a pesquisa pelo volume de buscas de uma palavra-chave.
Quando você descobre o que seu público está pesquisando, fica muito mais fácil escrever algo que as pessoas vão se interessar e compartilhar com outras pessoas, aumentando ainda mais seu tráfego e sua relevância.
Use as palavras-chave de maneira estratégica
Não basta apenas escolher uma palavra-chave e colocá-la no título do seu post. Claro, isso ajuda, mas é apenas uma das coisas que você precisa fazer. É importante que a palavra-chave que você escolheu para escrever um post, por exemplo, esteja presente em diferentes lugares importantes, principalmente na URL (que deve ser o mais curta possível), no início do título e no conteúdo.
Certifique-se de citar sua palavra-chave várias vezes dentro do conteúdo, principalmente no primeiro parágrafo, e não esqueça também de inseri-la nas imagens que for usar. É simples entender isso: se você não diz para o motor de busca do que o seu texto se trata, ele jamais saberá por si mesmo.
Seja original – sempre!
O Google não gosta de conteúdo duplicado, e se você está fazendo isso, tenha certezade que essa atitude prejudica bastante a sua página. Conteúdo original e de qualidade é sempre o melhor caminho, pois traz credibilidade tanto do seu público quanto dos buscadores.
Se o seu webmaster está fazendo com que ocorra conteúdo duplicado no site, então não esqueça de fazer o redirecionamento 301 das cópias para uma única página.
Você também pode usar outras ferramentas a seu favor, como plugins de SEO para o seu blog e botões de redes sociais. As menções, cada vez feitas através das redes sociais são outros importantes indicadores de relevância que você não pode ignorar. Facilite o compartilhamento dos seus conteúdos e seja visto mais pessoas.


Fonte:http://www.conaed.com.br

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Ligue agora e aproveite essa super oferta!


Dica do coordenador Jonathan de Oliveira: Torne-se especialista em Marketing Digital, venha para a Microcamp Merces!

Especialistas em Marketing digital, profissionais procurados e necessários, confira a matéria:


Como PMEs podem melhorar presença no mundo online

Especialista em marketing digital lista quatro pilares que ajudam esses empreendedores a traçarem estratégias nessa área.

A divulgação de uma marca na internet, essencial para a sobrevivência de qualquer negócio, pode parecer fácil. Mas alguns erros comuns podem comprometer os resultados do investimento. A elaboração de uma estratégia efetiva de marketing digital exige técnica e orientação especializada.
Como existem diversas tecnologias e canais no mundo online, nem sempre pequenos e médios empreendedores conseguem consolidar uma estratégia simples e eficiente. E quando o fazem, podem encontrar dificuldades na execução.
"Afinal, é preciso conhecimento e tempo para gerar conteúdo, gerenciar canais digitais, dominar as tecnologias e entender as práticas já existentes no mundo online", afirma José Geraldo de Barros Coscelli, CEO da ReachLocal Brasil, empresa global de marketing digital com foco em soluções para pequenas e média empresas (PMEs).
Segundo Coscelli, com o suporte de empresa especializada, esses empreendedores podem realizar um trabalho eficaz, com custo compatível com seu orçamento e que contemple os pilares básicos para garantir o sucesso das ações digitais. Veja abaixo cinco dicas do executivo para traçar estratégias nessa área.
1. Identidade digital 
É preciso criar, melhorar ou definir a identidade digital do pequeno e médio empreendedor. São características que o diferenciam dos concorrentes e devem refletir, de forma simples e objetiva, quem ele é, quais produtos e serviços oferecem, onde está localizado e como o consumidor pode contatá-lo. A forma como a empresa é reconhecida na internet deve estar presente em todos os seus canais na web, como blogs, sites e redes sociais.
2. Conteúdo 
A qualidade do conteúdo veiculado nos canais online interfere diretamente no tráfego dos perfis na web. O melhor conteúdo é o que vai ao encontro do que o consumidor está procurando. É necessário conhecer seu público e alimentar suas páginas com temas de interesse dele, apresentados com clareza e simplicidade.
Serviços especializados apoiam o empreendedor local na tarefa de identificar a melhor maneira de mostrar seus produtos e serviços por meio dos diversos canais online, trazendo maior engajamento na internet.
3. Tráfego 
A definição da melhor estratégia para gerar tráfego nos canais da empresa na web é fundamental para trazer o maior número possível de consumidores online interessados nos produtos e serviços ofertados.
Nesse aspecto, diferentemente do marketing tradicional, em que custa muito caro aparecer para grande volume de pessoas, o marketing digital é mais acessível. Em diversos canais online, é possível atingir, com menor custo, consumidores diretamente interessados nos produtos e serviços oferecidos e localizados na região de atuação da empresa.
4. Mensuração 
Um dos grandes benefícios do marketing digital é oferecer a possibilidade de mensurar o retorno do investimento (ROI). Há tecnologia disponível para medir os resultados de todas as ações realizadas.
A ferramenta permite comprovar se a ligação por telefone foi gerada após clique no site ou outro canal da internet ou se o e-mail enviado pelo consumidor, pedindo alguma informação, originou-se de uma visita ao site, por exemplo. 
Com a contratação de uma empresa especializada – por valores que podem ir de R$ 500 a R$ 3 mil mensais –, os pequenos e médios empresários evitam erros comuns ao usar a internet. Entre eles, apostar em ações isoladas que não contemplem os quatro pilares já mencionados, não realizar o monitoramento constante dos resultados por falta de tempo do empresário ou acreditar que domina a tecnologia envolvida, quando os conhecimentos exigidos são maiores para garantir o sucesso das ações de marketing.
Por meio da elaboração de uma estratégia completa e bem orientada, é fácil e possível para a empresa seguir um caminho bem-sucedido para ampliar sua presença no mundo digital e desfrutar dos benefícios que ele oferece ao seu negócio.